Bicicleta, golfe e ballet. Barba, bigode e cabelo.

Minha irmã levou 35 anos para aprender a andar de bicicleta, 39 para jogar golfe e uns 20 para voltar a fazer ballet. Fez barba, bigode e cabelo depois dos 35 anos, após migrar para o Canadá.

Orgulho e saudades enormes dela.

E que fique lição: nossos limites são apenas isso. Nossos. E limites.

Lua cheia em Yellowknife, Canadá.

Palavra da Semana: Resiliência

E a palavra da semana é ‘resiliência‘, definida pela Wikipédia como:

Resiliência ou resilência é um conceito oriundo da física, que se refere à propriedade de que são dotados alguns materiais, de acumular energia quando exigidos ou submetidos a estresse sem ocorrer ruptura. Após a tensão cessar poderá ou não haver uma deformação residual causada pela histerese do material

[…]

Atualmente resiliência é utilizado […] para caracterizar pessoas que têm a capacidade de retornar ao seu equilibrio emocional após sofrer grandes pressões ou estresse, ou seja, são dotadas de habilidades que lhes permitem lidar com problemas sob pressão ou estresse mantendo o equilibrio.

“Vem ni mim”, resiliência. “Vem ni mim”.

X-Wing, Tie Bombers e o Taoísmo

X-Wing é um dos veículos dos personagens do bem. Tie Bomber é um dos veículos dos personagens do mal.

Bem e mal, para um taoísta – como eu – são duas coisas igualmente necessárias para a vida. E esta semana foi bem taoísta, muita coisa tensa e negativa acontecendo, mas muita coisa boa acontecendo, e são nestas que quero focar, e agradecer por terem acontecido.

  • Meu irmão mais novo casou-se com a melhor esposa que ele poderia ter
  • Minha mãe estava linda, bem cuidada e sorridente como há anos não se permitia
  • Minha irmã, cunhado e minha sobrinha que amo de paixão que não via desde que migraram há 3 anos para o Canadá, finalmente vieram para cá e pude revê-los
  • Descobri que meu irmão comprou e montou um X-Wing e um Tie Fighter de brinquedos.
Este último ítem – tão prosaico – não deve fazer o menor sentido para quem não fazia parte da minha vida no segundo em 1993. E é para aqueles que estavam lá que eu digo:
“Amo vocês!”
PS: Sim, este é um post atípico e pessoal.