Informações sobre a Pirataria (Direito e Trabalho)

Dr. Jorge Araújo, o Steve Jobs do Judiciário gaúcho, Juiz do Trabalho Titular da Vara do Trabalho de Rosário do Sul/RS, escreveua última parte de sua série Notas sobre o crime de pirataria. Altamente recomendável pela clareza com que o juiz se posiciona e esclarece quanto à pirataria.

Não é possível diferenciar o usuário que grava músicas e filmes que obtém da rede mundial de computadores daquele que, por exemplo, imprime as páginas deste blog para leitura posterior. A finalidade do blog é a sua leitura online, de preferência na sua própria página. Todavia na medida em que o usuário imprime e guarda este texto, para seu uso pessoal, ou mesmo para compartilhar com um amigo ou familiar, ele não pode ser considerado como o mesmo criminoso que elabora a partir dele um polígrafo ou livro para vendê-lo ao público, omitindo a autoria.

Recomendo a leitura da última parte (www.direitoetrabalho.com/2008/03/notas-sobre-o-crime-de-pirataria-final/) e então, começar a ler a série do começo:

Aliás, Jorge se coloca cada vez mais como um juíz moderno e atento às mudanças que as novas tecnologias e relações sócio-econômicas associadas à internet operam. Infelizmente, parece ser a excessão que sempre comprova a regra. Apesar de na foto do blog ele estar de gravata e terno, a imagem que faço dele é mais ou menos como se ele fosse o Mac e o resto dos judiciários fosse o Mr. PC, de toga, no comercial da série Get a Mac, da Apple, abaixo.

Divirtam-se.

:-)

‘braços

Anúncios

6 respostas em “Informações sobre a Pirataria (Direito e Trabalho)

  1. Celso,
    Muito obrigado pela força. Na verdade não é mesmo comum eu usar terno, mas achei que seria a imagem que se esperaria para a página.
    Depois de seu post talvez eu use este slogan, juntamente com uma foto de jeans:
    “Jorge Araujo, o Steve Jobs do Judiciário”, que pensas?
    Forte abraço!

  2. Pingback: Post-It: Sobre direitos autorais e direito de propriedade. « Celso Bessa Post-its

  3. Pingback: Ponderações sobre a sociedade, o judiciário, a Automattic e a web. « Celso Bessa Post-its

  4. Pingback: Não acesso blogs | DireitoeTrabalho.com

  5. Pingback: Babado Judiciário: Joaquim Barbosa x Eros Grau (ou como diria o Coisa: tá na hora do pau) « Celso Bessa Post-its

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s