A repercussão da campanha do “asteróide” Citroën C4 Pallas

Se o que queriam com essa campanha associando o novo Citroën C4 Pallas ao asteróide 2-Pallas era colocar o carro na boca – ou nos olhos – do povo, conseguiram.Se isso é positivo ou negativo, não sei. Acho que haverá um bafafá e as empresas podem até soltar um “mea culpa“. Mas no final, o carro ficou conhecido e muita gente vai querer saber mais e comprar.

Particularmente, continua me incomodando essa mistura entre conteúdo editorial e publicidade. E pelo jeito tá incomodando muita gente, pois há vários blogs comentando do assunto, também com esse viés negativo.

E só para constar, tanto no Prior como no Brainstorm #9, usaram a imagem da home do UOL, que tinha um aviso – pequeno – de que se tratava de publicidade; porém, o anúncio que vi ontem no Estadão.com ontem não mencionava claramente que era a publicidade do C4 Pallas. Parecia mesmo uma notícia sobre o asteróide 2-Pallas, apesar de eu estar escolado com esse tipo de coisa (até parece notícia do Cocadaboa),  realmente houve gente alarmada.

É incrível como é fácil manipular não? Orson Welles e Goebbels ficariam orgulhosos.

:-)

Technorati Tags para a campanha de lançamento do novo Citröen C4 Pallas: citroen, citroenpallas, citroen+pallas, citroen+c4+pallas, citroen+c4, c4+pallas, pallas, asteroide+2pallas, asteroide2pallas, 2pallasasteroid e 2pallas+asteroid

10 respostas em “A repercussão da campanha do “asteróide” Citroën C4 Pallas

  1. Vem cá, acho ótimo promover discussão e levar ao debate. Mas é péssimo minimizar a polêmica recriminando agências, publicitários e criativos. Vale lembrar que toda mídia veiculada é aprovada por cada um dos meios para que a posteriore não aconteçam desmentidos como os que foram publicados pelos mesmos canais que divulgaram o informe. Outro ponto, que irresponsabilidade de jornalistas que na tentativa de divulgarem matérias em primeira mão não checam a fonte. Isso sim é recriminável.

    Nota 10 para a ação de marketing. Conseguiram o que queriam, estão na boca de todo mundo.

    Nota 0 para estes jornalistas irresponsáveis que lêem uma frase e se acham aptos a divulgar e julgar sem nenhum conhecimento de causa.

  2. Oi, Aline. Tudo bom.
    Concordo com você e acho que a questão é justamente misturar publicidade e conteúdo.
    Existe limite para isso e acredito que seja igual a corrupção: existe o corruptor passivo e o ativo. Sem os dois, não há a corrupção.
    Nesse aspecto, Nota 0 para os dois lados que você aponta.
    Eu tenho birra tanto com publicidade quanto com a imprensa, não nego. Mas sei reconhecer o valor de ambas quando executadas de forma correta e responsável.
    Também sei que cada caso é um caso e nesse caso específico, acho que tanto a agência, quanto o cliente (não podemos esquecer aqui também) e os veículos que aceitaram a peça, falharam.
    Já disse e repito: o conceito da campanha, a associação com o asteroíde Pallas, é boa – não vou dizer ótima, não por quê acho que falta muito para ser ótima – mas a execução foi péssima.

    ‘braços e obrigado pela visita, comentário e contribuição ao debate.

    PS: Eu sinceramente prefiro uma associação com mitologia grega: Pallas Atena. Mas aí é só gosto mesmo. :-)

    ‘braços – parte 2 e obrigado, parte 2 também.

    Celso Bessa

  3. Ai é questão de estratégia. Associar à mitologia grega não daria o mesmo resultado do que falar de meteoro, ainda mais que existe efetivamente um pallas. O que não se pode deixar de levar em conta é a precipitação das pessoas, não lêem a matéria toda e não se atentam a áreas específicas destinadas a propaganda. Ou no próprio nome colocado acima da notícia ou no rodapé dizendo “informe publicitário”.

    Foi exatamente isso que fez da campanha um sucesso.

    Aposto que tem fila de espera para comprar esse carro. Eu mesma achei o citroen pallas bem bonito.

  4. Resposta da citroen e minha replica
    ——-Original Message——-
    From: Citroën
    Date: 06/15/07 10:23:32
    Subject: Contato – Citroën
    Prezado Sr. Sandro,
    A Citroën lançou esta semana a campanha de buzz marketing do novo carro da montadora, o C4 Pallas.
    A agencia Banco de Eventos foi a responsável pela criação e operacionalização da campanha.
    O objetivo da ação foi despertar a curiosidade dos consumidores para o novo produto da marca, o C4 Pallas, utilizando para isto a coincidência existente entre o nome do veículo e nome de um asteróide (2 Pallas) que orbita no cinturão de asteróides entre os planetas Marte e Júpiter.
    As peças publicitárias divulgadas nos sites tinham sempre a palavra Publicidade.
    Em nenhum momento quisemos causar qualquer aborrecimento a quem quer que seja.
    _________________
    Querida, Marina!
    Tente enganar outras pessoas menos informadas sobre o assunto!
    Eu gravei a primeira versão do site “misteriopallas.com” em meu computador, na qual em nenhum local existia a mensagem informe publicitário! Inclusive já encaminhei cópia da página original ao CONAR! O próprio UOL retirou a campanha do ar quando verificou isto, após receber diversos e-mails, inclusive o meu…
    Acredito que após verificar a mancada que estavam dando, colocaram em letras pequenas a frase no site (informe publicitário). Tenho aqui as duas versões do site…
    Mais uma vez, lamento pelo desserviço prestado a população e pela
    OBS: Só para constar, faço parte de diversos grupos ligados à astronomia (alguns com mais de 20.000 membros) e todos foram unânimes em considerar a propaganda extremamente infeliz…
    Se a intenção era desprestigiar a marca Citroen junto a um público formador de opinião como o nosso, parabéns vocês conseguiram…
    Abraços,
    Sandro Rosa.
    [nota: os trechso em negrito e itálico foram formatados por Celso Bessa para enfatizar trechos]

  5. Sandro, Sandro.

    Menino malvado: “Se a intenção era desprestigiar a marca Citroen junto a um público formador de opinião como o nosso, parabéns vocês conseguiram…”

    :-)

  6. Querido Sandro, você se esquece que o veículo aprova toda e qualquer campanha antes de veiculá-la? É muito fácil a uol tirar a matéria do ar e colocar a culpa na citroën, isso acontece todos os dias, a tendência é apontar culpados para quem sabe assim tirar a sua responsabilidade na história.

    Ser formador de opinião e fazer parte de grupos que possuem muitos participantes não é mérito seu, todos nós fazemos parte.

    Responsabilizaria a agência Banco de Eventos e também a uol por deixarem passar um conteúdo sem a notificação de que é publicidade, caso tenha acontecido.

    Quer ganhar dinheiro, culpe o meui correto…

  7. Aline, adorei suas palavras vc tem razão acredito como cliente citroen que este novo carro, vai ser muito elogiado pois tive o previlegio de conhecer e adorei. Parabens a Citroen o carro e realmente lindo.

  8. Pingback: Citroën, web 2.0 e mídia social. « Celso Bessa Post-its

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s