Post-It: Gambiarra e Design

Acabei de encontrar um texto que cabe tanto na discussão sobre o post Brasil gambiarra e o Brasil bem feito como no post Design e Arquitetura de Informação para as massas.

É uma nota sobre a tese de Rodrigo Boufleur, que faz uma ligação entre a noção de gambiarra e design de produtos, afirmando um parentesco insuspeito entre ambas. Como taoísta, achei demais essa ligação entre “pólos opostos”.

Creio que uma diferença básica entre gambiarra e design seja o esmero e a sistemática do processo de criação e produção, mas vou tentar ler o estudo original para argumentar mais. Segue um trecho:

Enquanto o termo design está ligado ao que é considerado “nobre ou valioso”, a gambiarra é justamente o oposto: “o feio, o lixo, o mal acabado”. Segundo Rodrigo, apesar de antagônicas, uma pode até inspirar a outra. “Uma gambiarra, se for adaptada em escala industrial, poderá ser considerada posteriormente um design. Assim como um design, se adaptado a uma determinada necessidade poderá ser considerado simplesmente uma gambiarra”, compara.

fonte: USP Notícias: www.usp.br/agen/repgs/2006/pags/199.htm

Já valeu para abrir a mente.

‘braços

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s