SEO Combat: Dossiê Veja de Luís Nassif

Sejamos honestos, qualquer discurso – seja numa conversa ao vivo, por telefone, por blog, na televisão ou impresso numa revista – tem o objetivo de manipular e convencer seu interlocutor. O que se espera é que essa influência seja feita de forma clara e dentro de limites éticos, sem o abuso do poder que a mídia tem.

Já há algumas semanas que pensei em escrever sobre o Dossiê Veja, do jornalista Luís Nassif. Mas, como já havia bastante gente publicando sobre o assunto, achei melhor esperar um pouco e publicar depois, como manutenção ao bombardeio Google que vem sendo feito contra a Veja.

Com a menção do assunto, de leve, num artigo de Juliano Spyer no Webinsider hoje, e mais diretamente no Não Zero, acho que a hora é boa para publicar e continuar o ataque.

O Dossiê Veja de Luís Nassif

A melhor forma de comentar sobre o dossiê é citar o próprio:

A catarse e a mídia por Luís Nassif

O maior fenômeno de anti-jornalismo dos últimos anos foi o que ocorreu com a revista Veja. Gradativamente, o maior semanário brasileiro foi se transformando em um pasquim sem compromisso com o jornalismo, recorrendo a ataques desqualificadores contra quem atravessasse seu caminho, envolvendo-se em guerras comerciais e aceitando que suas páginas e sites abrigassem matérias e colunas do mais puro esgoto jornalístico.

E a melhor forma de se inteirar do assunto é ir até o arquivo do Dossiê Veja que Luis Nassif publicou no Google Pages em http://luis.nassif.googlepages.com/home

Bombardeio Google Contra a Veja

Tem uma galera na blogosfera se mobilizando para atrapalhar a revista Veja em buscadores. Mais ou menos como fiz por um breve período nos posts SEO Combat sobre a Citroën.

Desta vez, a idéia é fazer o Dossiê Veja aparecer nas buscas por palavras relacionadas à revista. Como eu acho o dossiê muito bom – por mostrar clara e enfaticamente como a Veja se tornou um péssimo exemplo de atuação jornalística e política – e acreditar no poder de mobilizações cibernéticas, estou dando minha contribuição.

Agindo nessa briga

Citando as instruções do Bender Blog:

Revista Veja, a verdade, Luis Nassif e mais um bombardeio (Bender Blog)

Simples, basta lincar a palavra Veja para o extenso manifesto que Nassif está publicando semanalmente com denúncias fundamentadas contra a revista.

Repetindo: linque Veja com esse endereço http://luis.nassif.googlepages.com

Repetindo mais uma vez: toda a vez que a palavra Veja aparecer no seu blog, ela deve ser lincada (sem nofollow) para o endereço http://luis.nassif.googlepages.com.

Ao que eu acrescento: Para que os sabem editar HTML, valorize a palavra Veja através da tag STRONG quando a palavra estiver em parágrafo e do uso dela em títulos e sub-títulos, usando as tags H1, h2, h3, etc. Também ajuda a utilização do atributo rev=vote-for, nos links para o dossiê.

Exemplo: <strong>Veja</strong> no parágrafo. <h1>Veja</h2>, <h2>Veja</h2>, <h3>Veja</h3>, etc, para os títulos. E <a href="http://luis.nassif.googlepages.com" title="Dossiê Veja" rev="vote-for"> para links.

Referências Dossiê Veja e Luis Nassif

Essa briga entre Luís Nassif e a revista vem causando uma reação muito grande na blogosfera, inclusive em blogs gringos, e publico alguns links abaixo.

Pensando bem, antes é necessária uma correção: essa briga não é de Luís Nassif apenas, é de todo mundo que não concorda com atuação manipulativa indecente e hipócrita que vemos como regra na imprensa brasileira.

Dito isso, seguem os links: